Cistos mamários na menopausa são mais comuns do que parece

25/03/2021
cistos-mamarios-na-menopausa.jpg

Você percebe que algo está diferente com o seu seio e encontra um caroço. Seu primeiro pensamento é que se trata de um câncer, mas, na verdade pode ser apenas cistos mamários na menopausa.

 

Claro que se você notar alguma alteração nas mamas, procure seu médico imediatamente para verificar, mas não entre em pânico. A maioria dos nódulos mamários é benigna, o que significa que não é câncer. 

 

Nódulos benignos da mama geralmente têm bordas lisas e podem ser movidos ligeiramente quando você os empurra. Eles são frequentemente encontrados em ambos os  seios e na menopausa são mais comuns do que parece.

 

Para explicar sobre eles, como identificá-los e quais são suas causas, confira o artigo que preparei sobre o tema!

 

O que são cistos?

A maioria dos cistos se desenvolve rapidamente e permanece do mesmo tamanho. Um pequeno número diminui ou continua a crescer. 

 

Os cistos geralmente são pequenos demais para serem sentidos. No entanto, na ultrassonografia, eles aparecem como uma forma clara e redonda com um contorno distinto. 

 

É possível sentir cistos maiores no tecido mamário. Eles podem ser firmes ou macios. Frequentemente, as mulheres apresentam mais de um cisto por vez.

 

Os cistos não são prejudiciais ou perigosos, mas às vezes são desconfortáveis ​​ou dolorosos. Não há uma explicação clara sobre a causa dos cistos.

 

Sabemos apenas que são muito comuns e podem afetar mulheres de qualquer idade. Porém, os cistos são especialmente comuns em mulheres entre 45 e 50 anos. 

 

Mas eles costumam aparecer com a menopausa, quando os hormônios da mulher estão mudando rapidamente, e desaparecem quando a menopausa termina. Mulheres que fazem terapia de reposição hormonal (TRH) costumam ter cistos mamários com maior frequência.

 

Leia também::: O que é menopausa precoce e como diagnosticar?

 

Cistos e câncer

Para muitas mulheres, a maior preocupação com um cisto é se ele é, ou se tornará, câncer. Por isso, é importante deixar claro: cistos não são cânceres. Eles não têm maior probabilidade de se tornarem cancerosos do que qualquer outra parte da mama. 

 

Não há evidências de que os cistos causem câncer. Ter um câncer na mesma área de um cisto é uma coincidência.

 

Em geral, um exame físico e um ultrassom geralmente fornecem informações suficientes para o médico diagnosticar um cisto.

 

Por exemplo, se um cisto for grande o suficiente para ser palpado, o médico geralmente se oferece para drená-lo com uma agulha. Embora os cistos não sejam perigosos, sua drenagem remove o caroço e geralmente ajuda as mulheres a pararem de se preocupar. 

 

Os médicos geralmente não drenam cistos que podem ser vistos na ultrassonografia, mas são pequenos demais para serem palpados.

 

Para drenar um cisto, o médico usa uma agulha para retirar o líquido. Este processo é denominado Punção Aspiração por Agulha Fina (PAAF). A agulha é mais fina do que a usada para tirar sangue. 

 

A PAAF pode ser desconfortável, mas geralmente não é dolorosa. Mulheres que sentiram alguma dor dizem que ela passa rapidamente.

 

O líquido em um cisto em geral é claro ou colorido (por exemplo, amarelo, verde, laranja ou preto). Este fluido é normal e não é necessário enviá-lo para teste.

 

Cistos mamários na menopausa

Os cistos drenados se reduzem a nada. Normalmente, nenhuma ação adicional é necessária.

 

Além disso, é comum que cistos mamários na menopausa voltem a surgir. Podem ser cistos que se recarregam com líquido ou podem ser novos. Em geral, eles não são perigosos e são tratados da mesma forma que o primeiro.

 

Seu cisto não aumenta o risco de câncer de mama. Porém, você deve seguir as recomendações para o rastreamento do câncer de mama para mulheres de sua idade e histórico familiar.

 

Portanto, todas as mulheres precisam estar atentas a quaisquer alterações em seus seios que não sejam normais para elas. Mas se você tiver qualquer alteração em sua mama que seja diferente de suas alterações hormonais usuais, você deve verificar com seu médico imediatamente.

 

Espero que os casos de cistos mamários na menopausa possam ter sido explicados. E caso queira receber mais dicas e informações diretamente no seu e-mail, assine minha newsletter. É só clicar no botão abaixo!

 

ASSINAR NEWSLETTER AGORA

 

Dra. Patricia Bretz é Ginecologista, obstetra, especialista em Oncologia Ginecológica, Endometriose, Cirurgia minimamente invasiva, Implantes hormonais e Reprodução humana

Clínica Nova Vitta - 2019. Todos os direitos reservados.