Por que a insônia é um sintoma comum da menopausa?

15/10/2021
Voce-sabia-que-e-comum-mulheres-terem-insonia-na-menopausa.png

Você sabia que é comum mulheres terem insônia na menopausa? As ondas de calor e as alterações de humor são sintomas bastante conhecidos do climatério, o período que antecede a chegada da menopausa. Mas existem uma série de outros sintomas que também acompanham esta fase da vida. E um dos que mais prejudicam a qualidade de vida das mulheres é a insônia.

Por isso, preparei o artigo a seguir para explicar um pouco mais sobre a insônia na menopausa e ajudar quem está passando por esse período a ter mais qualidade de vida. Boa leitura!

 

O que é transição menopausal e quais os são sintomas?

Antes de entendermos porque muitas mulheres sofrem com a insônia na menopausa, vamos falar um pouco sobre a transição menopausal. Muitas pessoas ainda confundem a transição menopausal, que antigamente era chamada de climatério, com a menopausa. 

A transição menopausal é um período de transição entre a fase reprodutiva e a fase não reprodutiva da vida da mulher. Desta forma, costuma iniciar próximo aos 45 anos. Porém, algumas mulheres podem começar a transição ainda antes desta idade.

Este período de transição é dividido em 3 fases distintas: perimenopausa, a menopausa e a pós-menopausa. Você pode saber mais sobre cada uma delas clicando aqui.

Sendo assim, a menopausa é uma das fases da transição menopausal e marca de forma oficial o fim da vida reprodutiva. Entre os sintomas comuns neste período estão as famosas ondas de calor, ganho de peso, alterações de humor, ressecamento vaginal,  queda na libido e, claro, a insônia. 

Mas engana-se quem pensa que  a chegada da menopausa é sinônimo de sofrimento! Na verdade, esta é uma fase bastante significativa e pode ser vivida com qualidade de vida, energia e prazer. Clique aqui e saiba quais hábitos ajudam a melhorar a libido na menopausa.

 

Insônia na menopausa

Assim como os demais sintomas, a insônia na menopausa tem relação com a queda natural na produção de hormônios durante este período. Por exemplo, a  progesterona é um hormônio produzido pelo corpo feminino e que funciona como um estimulante respiratório. Quando os níveis deste hormônio são reduzidos, perde-se também os seus efeitos como protetor respiratório durante o sono.

Desta forma, surge a apneia, um distúrbio que provoca interrupções breves e repetidas na respiração enquanto a pessoa está dormindo. Ou seja, durante as crises, o indivíduo precisa acordar para conseguir respirar melhor,  o que deixa o sono instável.

Além disso, as ondas de calor, sintoma bastante comum durante a transição menopausal, podem provocar o despertar do sono, o que também influencia na capacidade de manter um descanso reparador. 

 

Tratamento para a insônia na menopausa

Conforme o Instituto do sono, cerca de 60% das mulheres que estão passando pela transição menopausal sofrem com a insônia. E uma alternativa para amenizar este e outros sintomas é a reposição hormonal.

Através desta terapia, pode-se estabilizar os níveis hormonais e diminuir o número de vezes que a pessoa desperta durante o sono. A reposição hormonal também pode ajudar a amenizar as ondas de calor, além de outros sintomas comuns, como irregularidade menstrual, oscilações de humor e queda na libido. 

Você sabe como funciona a reposição hormonal? Clique aqui e confira este conteúdo completo que preparei para responder às suas dúvidas sobre esta grande aliada de quem está passando pela transição menopausal.  

Além da reposição hormonal, hábitos de vida saudáveis também podem ajudar a amenizar os sintomas da transição menopausal e até beneficiar os efeitos da reposição. Entre estes hábitos estão a higiene do sono, a prática de atividades físicas regulares e uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes. 

 

Quer saber mais sobre a menopausa e como viver este momento com mais qualidade de vida? Então baixe de forma gratuita o meu e-book “A vida da mulher na menopausaclicando aqui

 

Espero que este artigo tenha lhe ajudado a compreender melhor porque muitas mulheres sofrem com a insônia na menopausa e como a reposição hormonal pode ajudar a amenizar este sintoma. Se você quer saber mais sobre este assunto, entre em contato comigo por aqui.

Você pode conferir mais conteúdos aqui do blog e me acompanhar também no Facebook, no Instagram e no Youtube

Até o próximo artigo!

Dra. Patricia Bretz é Ginecologista, obstetra, especialista em Oncologia Ginecológica, Endometriose, Cirurgia minimamente invasiva, Implantes hormonais e Reprodução humana

Clínica Nova Vitta - 2019. Todos os direitos reservados.